PAIS BRILHANTES, PROFESSORES FASCINANTES

Augusto Cury


O  livro  tem  como  objetivo mostrar aos pais e aos educadores que não é o suficiente se contentar com o bom  e  sim  buscar  o brilhantismo  e  o  fascinante  para alcançar o máximo  em  termos de resultado prático. Sete hábitos que os bons pais praticam no dia-dia os quais  são  comparados  com  os hábitos  dos  pais  brilhantes  são apresentados  detalhadamente  na primeira  parte.  São  conceitos importantíssimos  que  despertam no leitor o desejo de reciclagem na área  que  envolve  a  educação  de  filhos.  Entre  os sete costumes praticados por  todos os bons pais, um deles é a prática sistemática de presentear seus filhos, dentro de suas possibilidades  financeiras,  com  inúmeros  presentes materiais. Em contrapartida, os pais brilhantes, não deixam de  fazer  o  mesmo,  porém  ensinam  seus  filhos  sobre  o consumismo  e  as  conseqüências  que  ele  pode  causar  na estabilidade emocional.

ALEGRIA DE LER E ENSINAR
Rubem Alves

A Alegria de Ensinar
O livro trata sobre a difícil missão que várias  pessoas  intentam  em  seguir a carreira de professor. Baseando-se em uma leitura fácil, divertida, poética e, por vezes, profética Rubem Alves  tenta desvendar o mistério e a beleza instrinsicos ao processo da  aprendizagem  nesse  livro.  O  livro dirigida a educadores, mas não só a esses, precinde  da  linguagem  técnicas  da pedagogia  para  através  de  uma  escrita sensível e poética introduzir os elementos práticos  e  filosóficos  de  uma  educação genuína. Como  por  exemplo  na  seguinte frase:  “Se  fosse  ensinar  a  uma  criança  a  beleza  da música  não começaria  com  partituras,  notas  e  pautas. Ouviríamos  juntos  as melodias mais gostosas e  lhe contaria sobre os  instrumentos que fazem a música. Aí, encantada com a beleza da música, ela mesma me pediria que  lhe ensinasse o mistério daquelas bolinhas pretas escritas  sobre  cinco  linhas. Porque  as bolinhas pretas  e  as  cinco linhas são apenas ferramentas para a produção da beleza musical. A experiência da beleza  tem de vir antes”