Início

Frases de Reflexão XI

Deixe um comentário

Nesta seção, destacamos as frases de vários escritores, sábios, filósofos entre outros, utilizadas nas edições do Informativo “Esfera do Aprendiz” publicadas atualmente. Utilize essas frases como uma forma de reflexão e autoconhecimento e não apenas como um emaranhado de palavras a serem lidas com vazio moral. Bom proveito!


“As pessoas felizes lembram o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo.”

(Epicuro)

“Uma vida não questionada não merece ser vivida.” (Platão)

“Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio” (Hipócrates)

“Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.” (Sócrates)

“Ajuda o teu semelhante a levantar a carga, mas não a levá-la.” (Pitagoras)

“Perceba as qualidades positivas e negativas de tudo, distinguindo entre ganho e perda nas questões mundanas.” (Miyamoto Musashi)

“Os seres são donos de suas ações, herdeiros de suas ações. Eles se originam de suas ações, estão atados as suas ações, tem suas ações como seu refúgio. É a ação que distingue seres inferiores e superiores.” (Buda)

“Cada pensamento, cada palavra e cada ação têm seu reflexo, sua ressonância e sua reação. É um sinal de fraqueza culpar os outros por seus problemas. Você deve suportar as conseqüências das suas próprias ações.” (Sathya Sai Baba)

“Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre.” (Paulo Freire)

“Só tem o direito de criticar aquele que pretende ajudar.” (Abraham Lincoln)

“Antes de começar a criticar os defeitos dos outros, enumere ao menos dez dos teus.” (Abraham Lincoln)

“Não existe vento favoravel à quem não sabe onde deseja ir.” (Schopenhauer)

“Não é demonstração de saúde ser bem ajustado a uma sociedade profundamente doente.” (Jiddu Krishnamurti)

Anúncios

Projeto de Formação de Animadores em Educação no Campo para a Erradicação da Pobreza (2013)

Deixe um comentário

educacao campo

O Projeto de Formação de Animadores em Educação no Campo para a Erradicação da Pobreza, realizado em parceria com o Governo do Estado, através da Escola de Governo, Universidade Regional Integrada- URI e o Município de São Pedro das Missões RS.

Há um ano os alunos do Curso realizaram atividades para adquirir conhecimento de novas técnicas de produção orgânica de alimentos visando à geração de renda da Agricultura Familiar.

Sabendo que a etapa percorrida é apenas um passo em direção aos objetivos propostos e que muito teremos que andar para amenizar ou até erradicar a pobreza em nosso Município. A experiência realizada através do curso mostrou-nos que em pequenos espaços físicos é possível produzir uma infinidade de alimentos e produtos de qualidade que garanta uma alimentação saudável a população.

Na noite de quinta-feira, 03 de outubro de 2013, foi realizada a Formatura do primeiro grupo do curso, composto por 30 alunos de nosso município, onde foram expostos os trabalhos realizados durante o curso.

O evento contou com a participação dos representantes do FDRH, URI, Prefeito Municipal, Membros da Secretaria Municipal de Educação, alunos, professores e familiares.

 

Horta em forma de mandala, cultivada na Escola José Bonifácio pelos alunos do curso.

Horta em forma de mandala, cultivada na Escola José Bonifácio pelos alunos do curso.

Secretaria Municipal de Educação

Escolinha de Futebol – Espinilho

Deixe um comentário

SAM_4039 SAM_4040Em 2012, o professor Paulo Roberto Binello Brizolla, iniciou as atividades da escolinha de futebol na linha espinilho. O objetivo desse projeto foi oportunizar as atividades com essa modalidade para os alunos que não tinham condições de se deslocar para São Pedro das Missões para participarem das atividades da escolinha nos horários previstos. Na foto em destaque, os alunos demonstram juntamente com o professor Paulo Roberto o novo uniforme da equipe.

O Poder de uma Decisão

Deixe um comentário

Goethe

Goethe


“No momento em que realmente nos decidimos, então o universo começa a agir também. Todo tipo de coisa começa a ocorrer, coisas que não ocorreriam  normalmente, mas que acontecem porque você tomou a decisão. Uma série de eventos flui dessa decisão, levantando a nosso favor todo tipo de imprevistos, encontros e assistência material que nenhuma pessoa no mundo poderia planejar que ocorresse na sua vida. Seja lá o que você possa fazer, ou tenha o sonho de fazer: comece. O arrojo tem dentro de si inteligência, poder e mágica. Então comece agora”.

Goethe

Fotos de Destaque do 2º Trimestre de 2013

Deixe um comentário

Dia Nacional da Alfabetização

1 Comentário

alfabetiza%C3%A7%C3%A3o12Comemoramos, no dia 14 de novembro, o Dia Nacional da Alfabetização. Essa importante data nos faz relembrar quão importante é a Educação para o nosso Brasil. O dia 14 de novembro foi escolhido por ser a mesma data de criação do antigo Ministério da Educação e Saúde Pública, em que uma das metas era promover o ensino primário e combater o analfabetismo no país. Ainda no ano de 1988, no art. 205 da Constituição Federal, foram retratados os direitos dos cidadãos brasileiros em relação ao acesso à Educação: “A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.” Saber ler e escrever, além de ser muito legal, é fundamental para o desenvolvimento do ser humano e, consequentemente, para o desenvolvimento do nosso país.

Fonte: Portal Educar Brasil

Curiosidades: “Surpreendentes sentidos animais”

Deixe um comentário

Senso infravermelho

10 surpreendentes sentidos animais_8

O espectro de visão do ser humano é tão limitado que precisamos da tecnologia para detectar comprimentos de onda abaixo do vermelho. Com tal tecnologia, a ciência construiu as modernas “termocâmeras”, que detectam as diferenças de radiação e permitem saber, literalmente, onde está quente e onde está frio.

Este senso de temperatura baseado na radiação é uma habilidade natural de várias espécies de cobras. Ao contrário do que muita gente pensa, no entanto, não é pelos olhos que elas fazem essa distinção, e sim por um equipamento sensorial independente da visão. Logo, elas caçam não baseadas na cor, e sim na temperatura das presas.

Older Entries