Início

Frases de Reflexão

Deixe um comentário

Nesta seção, destacamos as frases de vários escritores, sábios, filósofos entre outros, utilizadas nas edições do Informativo “Esfera do Aprendiz” publicadas atualmente. Utilize essas frases como uma forma de reflexão e autoconhecimento e não apenas como um emaranhado de palavras a serem lidas com vazio moral. Bom proveito!

“Não se pode falar de educação sem amor”. (Paulo Freire)

“A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo.” (Nelson Mandela)

“A educação é aquilo que sobrevive depois que tudo o que aprendemos foi esquecido.” (Frederic Skinner)

“A boa educação é moeda de ouro, em toda parte tem valor.” (Padre Antônio Vieira)

“Quem não lê não pensa, e quem não pensa será para sempre um servo.” ( Paulo Francis )

“Muitas pessoas iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro.” ( Henry David Thoreau )

“Educai as crianças, para que não seja necessário punir os adultos.” (Pitágoras)

“Os filhos tornam-se para os pais, segundo a educação que recebem, uma recompensa ou um castigo.” (J. Petit Senn)

“Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo.” (José Saramago)

“Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda.” (Paulo Freire)

“O importante da educação não é apenas formar um mercado de trabalho, mas formar uma nação, com gente capaz de pensar.” (José Arthur Giannotti)

“Educação nunca foi despesa. Sempre foi investimento com retorno garantido.” (Arthur Lewis)

“O verdadeiro órfão é aquele que não recebeu educação.”  (Etienne Bonnot de Condillac)

“A educação é para a alma o que é a escultura para o bloco de mármore.” (Joseph Addison)

Mensagem do Dia do Amigo – 20 de Julho

Deixe um comentário



Curiosidades Gerais

Deixe um comentário

Pele de Rinoceronte à prova de bala?

Esse animal tem a pele tão espessa que serve para a fabricação de excelentes escudos, quase à prova de bala. Um projétil de espingarda disparado à distância de 600 metros não perfura a duríssima pele do animal. Os caçadores mais experientes aproximam-se do animal para atirar à queima-roupa.

A temperatura de um relâmpago é três vezes mais quente do que a superfície do Sol.

– Se retirássemos todo o sal dos oceanos, esse sal daria para cobrir todos os continentes da Terra com uma camada até 1,3 metros.

– Uma só árvore consegue filtrar 27 kg de partículas poluentes na atmosfera, por ano. (Repare na falta que nos faz cada árvore que é derrubada).

– O seu cérebro é 80% de água.

Mensagem de Agradecimento às Mães

Deixe um comentário

Você que me carregou no seu ventre por nove meses, sem se queixar.
Você que cuidou de mim sem se importar com o amanhã.

Você que reclama, fala… Mas para o meu bem, sempre tem razão.
E ainda é a peça fundamental do quebra-cabeça da minha vida.

É mamãe, você pode não saber o quanto eu te amo, deve ser porque não o expresso.
Mas meu coração fica radiante quando chego em casa e encontro-a ao meu lado.

Mas o mais importante é que o meu mundo não é nada se você não estiver nele.

Parabéns Pelo Seu Dia!!!

Dia Mundial do Livro – 23 de Abril

Deixe um comentário

          O Dia Internacional do Livro teve a sua origem na Catalunha, uma região semiautônoma da Espanha. A data começou a ser celebrada em 7 de outubro de 1926, em comemoração ao nascimento de Miguel de Cervantes, escritor espanhol. O escritor e editor valenciano, estabelecido em Barcelona, Vicent Clavel Andrés, propôs este dia para a Câmara Oficial do Livro de Barcelona. Em 6 de fevereiro de 1926, o governo espanhol, presidido por Miguel Primo de Rivera, aceitou a data e o rei Alfonso XIII assinou o decreto real que instituiu a Festa do Livro Espanhol. No ano de 1930, a data comemorativa foi mudada para 23 de abril, dia do falecimento de Cervantes. Mais tarde, em 1995, a UNESCO instituiu 23 de abril como o Dia Internacional do Livro e dos direitos dos autores, em virtude de a 23 de abril se assinalar o falecimento de outros escritores, como Josep Pla, escritor catalão, e William Shakespeare, dramaturgo inglês.

Como surgiu o Dia das Mães?

Deixe um comentário

A história da criação do Dia das Mães começa nos Estados Unidos, em maio de 1905, em uma pequena cidade do Estado da Virgínia Ocidental. Foi lá que a filha de pastores Anna Jarvis e algumas amigas começaram um movimento para instituir um dia em que todas as crianças se lembrassem e homenageassem suas mães.

A ideia era fortalecer os laços familiares e o respeito pelos pais. Para Anna, a data tinha um significado mais especial: homenagear a própria mãe, falecida naquele mesmo ano. Anna Marie tinha almejado um feriado especial para honrar as mães.

Durante três anos seguidos, Anna lutou para que fosse criado o Dia das Mães. A primeira celebração oficial aconteceu somente em 26 de abril de 1910, quando o governador de Virgínia Ocidental, William E. Glasscock, incorporou o Dia das Mães ao calendário de datas comemorativas daquele estado. Rapidamente, outros estados norteamericanos aderiram à comemoração.

Em 1914, a celebração foi unificada nos Estados Unidos, sendo comemorado sempre no segundo domingo de maio. Em pouco tempo, mais de 40 países adotaram a data.

O primeiro Dia das Mães brasileiro foi promovido pela Associação Cristã de Moços de Porto Alegre, no dia 12 de maio de 1918. Em 1932, o então presidente Getúlio Vargas oficializou o feriado.

Mas Anna não foi a primeira a sugerir a criação do Dia das Mães. Antes dela, em 1872, a escritora Julia Ward Howe chegou a organizar em Boston um encontro de mães dedicado à paz.

Bolo de Banana

Deixe um comentário

Ingredientes:

– 3 ovos, gemas separadas
– 2 colheres de margarina
– 2 xícaras de açúcar
– 1xícara de leite
– 1 pitada de sal
– 6 bananas nanica ou caturra, madura e fatiada
– 1 pacote de castanha de caju moída
– 1 colher de fermento em pó
– 2 xícaras de farinha de trigo
– Açúcar e canela para polvilhar

Modo de Preparo:

1 – Bater na batedeira 3 gemas, o açúcar, a margarina, o leite, o sal e o trigo até formar um creme, uns 5 minutos;

2 – Desligue a batedeira e acrescente a castanha, as claras em neve e o fermento em pó, misture levemente;

3 – Coloque a massa em uma assadeira untada e polvilhada com trigo, cobrir com as bananas fatiadas, polvilhar açúcar com canela a gosto;

4 – Levar para assar em forno médio, préaquecido, por uns 40 minutos, dependendo do forno.

Older Entries